quinta-feira, 22 de Shvat, 4 de fevereiro,

22 de Shvat de 5748 – 1988

A Rabanit Chaia Mushca, filha do Rabi Raiats e esposa do Rebe, deixou este mundo.

A Rabanit Chaia Mushca era a segunda filha do Rebe Raiats. Ela distinguiu-se pelo seu profundo conhecimento da Torá, sua grande inteligência e seu comportamento majestoso. Seu sentido refinado do humor e sua atitude positiva com cada detalhe a tornavam agradável a todos. Ela assumia sua missão com uma profunda humildade.

O Rebe observou que o Rebe Raiats havia deixado este mundo em Shvat, bem como sua avó, a Rabanit Rivca, sua mãe, a Rabanit Shterna Sara e sua filha, a Rabanit Chaia Mushca.

Existe ainda outro laço entre as três Rabaniot. Quando a Rabanit Rivca deixou este mundo, pediu um copo de água e imediatamente devolveu a alma. Assim também ocorreu com a Rabanit Shterna Sara que exatamente antes de morrer, também pediu um copo de água. E a Rabanit Chaia Mushca fez o mesmo pedido pouco antes de deixar este mundo.

Certa vez, as mulheres de Chabad enviaram um buquê de flores à Rabanit na ocasião do seu aniversário. Também lhe dirigiram uma lista com o nome de mulheres que tinham necessidade de uma bênção. O secretário recebeu o buquê e transmitiu a carta ao Rebe que, observando o envelope, viu inscrito no mesmo o nome da sua esposa. Pediu então que ele fosse transmitido à Rabanit, mas o secretário explicou que se tratava de uma lista de pessoas solicitando uma bênção. O Rebe disse então:

“Ela pode igualmente abençoar.”

Durante o processo que estabeleceu a propriedade dos livros da biblioteca Lubavitch, a Rabanit foi fazer seu testemunho. O advogado da parte contrária perguntou-lhe:

“O que a senhora pensa? A quem pertencem esses livros? Ao vosso pai ou aos Chassidim?”

A Rabanit respondeu:

“Meu pai e os livros pertencem aos Chassidim.”

Essas palavras exerceram uma profunda impressão sobre o juiz e foram determinantes para a vitória final. O Rebe fez esse relato na saída do Shabat da Parashá Terumá 5748-1988, após os sete dias de luto.

A Rabanit deixou este mundo na quarta feira da Parashat Mishpatim, 22 de Shvat 5788-1988, após uma curta enfermidade. Seu enterro ocorreu algumas horas após o seu decesso, na presença de quinze mil pessoas. Ela repousa perto da sua avó, a Rabanit Shterna Sara e frente ao pai, o Rabino Raiats.

CONTATO zap e  e-mail:

WhatsApp: (+5521) 964.960.222

Fixo: (+5521) 2256-3587

RABINADO DO RIO

Rua Pompeu Loureiro, 40

Copacabana

 Rio de Janeiro - R.J.

CEP: 22061-000

Copyright © RABINADO DO RIO DE JANEIRO