União extraordinária COM O Estudo DA TORAH

União extraordinária COM O Estudo DA TORAH

O Tanya explica que o homem que estuda a Tora pode realizar entre ele e D’us “uma união extraordinária que não pode ser comparada com nenhuma outra aqui nesse mundo”. Na verdade, aquele que analisa um conceito consegue dominá-lo. Paralelamente, ele é também envolvido e dominado por ele, não podendo pensar em outra coisa ao mesmo tempo. Ora, materialmente, é impossível dominar e ao mesmo tempo ser dominado por um mesmo elemento. Somente a Tora pode realizar tal fato. Diz-se por outro lado, que “Sua sabedoria e Ele formam Um só”. Assim, por este estudo, o homem realiza uma união profunda entre ele e D’us.
Por outro lado, o homem que estuda a Tora usa, da maneira mais positiva, meios intelectuais dados por D’us. Nesse caso, ele tem a possibilidade de conseguir uma representação exata do conceito que ele percebe. É assim então que ele afirma a elevação de sua pessoa, o intelecto sendo o atributo do homem, enquanto que os sentimentos ocorrem também nos animais.

União extraordinária COM O Estudo DA TORAH