HONRA - RESPEITO
Honrem os anciãos, e os sábios em Torá. (Talmidei Harhamim)

HONRA - RESPEITO
Honrem os anciãos, e os sábios em Torá. (Talmidei Harhamim)

Devemos nos levantar a fim de honrar todo Judeu setuagenário pois a Torá nos ordena (Vaicra 19,32): “Te levantarás frente a um Seva”
O termo “Seva”, homem velho, se aplica a um Judeu idoso de setenta anos ou mais. Mesmo que não seja sábio em Torá, enquanto observa as Mitzvot (Mandamentos Divinos), merece tal honraria pois, vivendo até uma idade avançada, fez a experiência da grandeza de Hashem, e de Suas ações maravilhosas.
Mais ainda, a Torá nos ordena honrar os eruditos em Torá, qualquer que seja sua idade. Seu conhecimento em Torá lhes dá direito a nosso respeito, mesmo se forem jovens.
Isto vem implicitamente na segunda metade do versículo “Honrarás o rosto do Zaken” (Vaicra 19,32).
“Zaken”, neste contexto, se refere àquele que adquiriu a sabedoria da Torá. Eis a honra devida ao erudito em Torá:
- Devemos nos levantar em sua presença.
- Devemos endereçar-lhe a palavra com respeito.
Tal honra é devida a todo erudito em Torá mesmo se não for nosso mestre. (Kidushin 32b).
Uma das razões pelas quais foi destruída Jerusalém, foi a falta de honrar testemunhada para com os eruditos em Torá.
A Torá insiste em que testemunhemos marcas de distinção para com os eruditos em Torá, pois demonstramos assim que nosso ideal na existência é o estudo da Torá. Nos ordenando honrar um judeu conhecedor da Torá, ensina-se nos que um sábio em torá é alguém digno de admiração, dando-nos uma apreciação das honras verdadeiras. (Sefer Harhinurh 255).
Aquele que agir com reverência para com um erudito em Torá será recompensado pelo temor do Todo Poderoso (Bamidbar Rabba 15,13)



HONRA - RESPEITO
Honrem os anciãos, e os sábios em Torá. (Talmidei Harhamim)