7. Kedoshim

BS’D

Kol Hamoshiach

PARASHA KEDOSHIM

Conteúdo da Parashá:


KEDOSHIM

Þ  Porque a parashat Quedoshim foi transmitida ao povo inteiro

Þ  Quedoshim Tihiu/ A mitsva que cada homem e cada mulher têm, de serem santificados

Þ  A mitsva de respeitar os pais

Þ  Não dar atenção aos ídolos, à idolatria, aos cultos, religiões ou filosofias que contradizem a Torá

Þ  Não fabricar ídolos

Þ  VÁRIAS PROIBIÇÕES RELATIVAS AO DINHEIRO

-  Não roubar

-  Proibição de negar e depois dar um falso testemunho para apoiar sua negação

-  A proibição de dar um falto testemunho

-  Não reter o dinheiro de outrem, não roubar, não atrasar o pagamento de um trabalhador

-  Porque a Parasha Quedoshim contem tantas proibições relativas ao roubo?

Þ  Não induzir um ignorante ao erro

Þ  Julgar favoravelmente outrem

Þ  A proibição de Rechilut/Espalhar notícias

Þ  Não ser indiferente quando a vida de um judeu está em perigo

Þ  Não odiar um judeu secretamente

Þ  A mitsva de recriminar o próximo

Þ  Não se vingar e não guardar rancor

Þ  Amar o irmão judeu

Þ  Quilaim/A proibição de misturar espécies diferentes

Þ  Não cruzar animais

Þ  Não semear duas espécies de sementes num campo em Erets Israel

Þ  Shatnez/Não usar roupa feita de lã e linho

Þ  A Shifcha Charufa/As leis do Judeu que comete adultério com uma Escrava meia libertada e noiva de outro homem

Þ  Orla/Não tirar proveito das frutas de uma árvore durante três anos após plantá-la

Þ  Neta Revai/As frutas do quarto ano

Þ  Não comer perto de sangue

Þ  As proibições de Menachesh e de Meonen, tipos de adivinhação

Þ  Não destruir a cabeleira das têmporas nem raspar-se com navalha

Þ  Respeitar o Beit Hamicdash

Þ  Honrar os velhos e os Talmidei Chachamim

Þ  Ser Santificado, distinguindo-se das Nações do mundo

A Parashá Acharé Mot fala da morte dos dois filhos do sumo sacerdote Aarão: Nadav e Avihu, que, de acordo com os próprios termos do Chumash, “morreram diante de D’us”.

Diante de D’us significa que eles se haviam elevado acima do nível espiritual, denominado o nome de D’us e que tinham estado em contato com a essência inefável que está além de todos os nomes. E eles morreram por isso. Porque, diante de revelações divinas inesperadas, encontraram-se frente a estas luzes muito fortes, e as luzes os cegaram.

Presos pelo êxtase divino, não suportaram a idéia de continuar sua vida terrestre e romperam a ligação que unia a alma ao corpo.

Qualquer que seja o nível espiritual alcançado pelos filhos de Ararão, a Torá considera sua viagem sem retorno um erro, ou seja um pecado. A missão dos Profetas, durante suas ascensões espirituais, é incarnar as luzes espirituais aqui em baixo, no mundo terrestre, mas não evadir-se dele.

Revelar D’us na matéria, transformar este mundo em moradia para D’us, manifestar o divino no quotidiano, nas coisas mais simples, mais terrenas e até nas mais baixas da vida, esta é a finalidade da Torá.

II - KEDOSHIM

Esta parashá abunda em mitsvot e halachot.

O Midrash diz que ela menciona pelo menos setenta mitsvot diferentes (as leis das relações proibidas estão incluídas no final da parashá).