Domingo 04 de abril de dia

MAIS

O último dia de Pessach- O oitavo dia de Pessach é tradicionalmente associado com nossa esperança ardente pela vinda de Mashiach. A Haftará (leitura profética) deste dia contem as famosas profecias de Isaias sobre a era Messiânica: “O lobo viverá com o cordeiro, o leopardo descansará com jovem cabra...Eles não farão mal, nem destruirão... porque a terra estará cheia com o conhecimento de D’us, como as águas cobrem o mar.”Maimônides (o ‘Rambam’) cita a crença em Mashiach como um dos treze princípios essenciais da nossa fé. Ele explica na sua codificação da Lei Judaica que o Mashiach é um sábio da Torá, que liderará multidões do Povo Judeu para a observância fiel do modo de vida pela Torá. Eventualmente, ele reconstruirá o Templo Sagrado em Jerusalém, reunirá os exílios para Israel, e anunciará uma época na qual não haverá fome, nem guerra, nem inveja, nem discussões.O Baal Shem Tov, fundador da Chassidut, instituiu o costume de fazer no último dia de Pessach uma terceira refeição especial, completa, com matsá e vinho, chamada ‘refeição de Mashiach’. Neste dia, disse ele, pode se sentir a aproximação de Mashiach.Pessach não termina até a noite de 17 de abril, na hora indicada no calendário. Até este momento não deve ser trazido nem comido nenhum chamets.