- 4 bis - Adar II

Ha Yom Yom Original: O Dia de Hoje

Edição de 1997

Única tradução autorizada para a língua portuguesa pela Kehos Publication

Traduzido por Rachel Catran e com o Rabinato do Rio de Janeiro, editado no jornal semanal Kol Hamoshiah de 1997 até 2007

ADAR SHENI     B’H

Segunda 1 Adar II 5703

Roch Chodesh


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Sheni de Pekudeï com Rashi

Tehilim:
1 a
9

Tania: Umiche´charav... (p.86) Chashem Lo

Segunda feira -Rosh Chodesh - 1o Adar Sheni no Haiom Iom original de 5703

Em “Iaalé Veiavó” (Sidur p. 57, parágrafo proferido
em Rosh Chodesh
), se diz

“No Yale Veyavo: Zochrei H”E Bo a letra Beit com acento forte, U pocdeinu Vo, a

letra Beit com acento fraco”, ‘lembra de nós, Eterno nosso D’us, neste dia, para

o bem. Lembra de nós neste dia, para a bênção’. A primeira vez Bo, a segunda Vo.


Terça 2 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shlishi de Pekudeï com Rashi

Tehilim: 10  a 17

Tania: Veïm Yar´chiv... (p.80) Kemo Shekatuv Lekaman


Terça feira, 2º de Adar Sheni no Haiom Iom original, de 5703

Uma bênção precisa de um revelador, da mesma maneira que uma chuva que cai só

beneficia um campo arado e plantado. Deste modo, os temporais de primavera e de

outono regam o campo e o vinhedo.

Inversamente, num campo que não foi nem lavrado, nem arado e nem plantado, a

chuva, o temporal de primavera ou de outono, não têm nenhuma utilidade.


Quarta 3 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Révii de Pekudeï com Rashi

Tehilim:18 a 22

Tania: Vechine Bekol... (p.86) Misitra Da


Quarta 3 de Adar Sheni no Haiom Iom original de 5703

O Tsemach Tsedec respondeu a um Chassid com um perfeito conhecimento do Talmud e

uma profunda percepção da Chassidut:

“A submissão transforma a personalidade. A de um simples servidor deve ser

reconhecível, mesmo quando ele dorme. A de um erudito eminente lhe permite obter

a qualidade e a importância do homem simples, íntegro e pronto a fazer doação

dele mesmo.”

(A Chassidut pede, de fato, que se alie uma erudição perfeita a uma humildade

profunda. Ver com respeito a isso o dia 21 de Adar Alef e o 5 de Tevet)


Quinta  4 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Chamishi de Pekudeï com Rashi

Tehilim:
23 a
28

Tania: Cap.35: Vechiné... (p.Mem Daleth) Veavodatam


Quinta 4 de Adar Sheni no Haiom Iom original de 5703

Quando o Admor Haemtsaí comentava a Chassidut, o silencio reinava. Ele mesmo

acompanhava suas explicações com: “Silêncio, silêncio”.

Meu pai (o Rebe Rashab) deu com respeito a isso a seguinte explicação:

“Esta interjeição lhe permitia acalmar o fluxo do seu pensamento”.

É assim que ele ilustrava a expressão do Zohar (3, 128b): “o velho tem o

espírito velado, porque é calmo e tranqüilo”.


Sexta 5 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shishi de Pekudeï com Rashi

Tehilim:
29 a
34

Tania: Vechou Bechekdem... (p.Mem Daleth) Berosho Ad Kan Leshono


Sexta 5 de Adar Sheni no Haiom Iom original de 5703

O estudo da parte talmúdica da Torá, a da Chassidut, e o serviço concreto de

D’us são todos, ao mesmo tempo, indispensáveis. É aberrante pensar que um afasta

o outro ou pode ser substituído por ele. Pelo contrário, eles se completam e se

enriquecem mutuamente.

Nossos sábios dizem que “o ignorante não é um Chassid”. É preciso, portanto,

estudar a parte talmúdica da Torá. “Quem é um Chassid?  Aquele que adota uma

atitude virtuosa com respeito ao seu Criador”. Deve-se, portanto, estudar a

Chassidut, E a finalidade de todos estes estudos é, claro, servir D’us

concretamente


Shabat 6 Adar II 5703


?       Haftará: “ Vatichlam Kol Hamela´há”

?       Nas bênçãos da Haftará (Sidur p. 187), diz-se sempre “Neeman Verachaman Atá,

Tu es fiel e misericordioso, “Toshia Utesamach” , Tu salvarás e Tu regozijarás.”


(Isto é lido particularmente com relação a este primeiro Shabat de Adar Sheni,

durante o qual se multiplica a alegria).


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shevii de Pekudeï com Rashi

Tehilim:
35 a
38

Tania: Vechine Biur... Vechamaskil Yavin



De acordo com uma tradição conhecido pelos velhos Chassidim, o Tania é uma

coletânea de conselhos que o Admor Hazaquen deu durante as entrevistas que ele

outorgou aos seus Chassidim, durante os anos 5540-5550 (1780-1790). Durante o

verão de 5552 (1792), ele começou a classificar o Tania de acordo com a forma

que o conhecemos atualmente. Um ano depois, numerosas cópias do Tania já

circulavam. Pouco a pouco, elas se encheram de erros e até de falsificações. Foi

por isso que o Admor Hazaquen apressou-se em fazê-lo imprimir.

Existe outra versão dos fatos: o Admor Hazaquen escreveu o Tania durante vinte

anos e pesou cada palavra do mesmo. Em 555 (1795), seu texto foi concluído e

estava pronto. Foi então que ele permitiu a sua transcrição. Quando as cópias se

multiplicaram e se encheram de erros, ele mandou imprimi-lo.

O Tsemach Tsedec contou que, durante o primeiro Rosh Hashaná da sua vida, em

5550 (1789), o Admor Hazaquen comentou a afirmação talmúdica de acordo com a

qual “faz-se jurar: tu será um Tsadic”. Este discurso constituiu, de fato, os

três primeiros capítulos do Tania.

(É preciso observar que neste dia, Moshé nosso mestre escreveu treze Sifrei

Torá).


Domingo 7 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Rishon de Vaykra com Rashi

Tehilim:
39 a
43

Tania: Cap. 36: Vechiné... (p.90) Veafsi Od


Domingo 7 de Adar Sheni no Haiom Iom original de 5703

Andando na rua é preciso pensar em palavras da Torá. Poder pronunciar estas

palavras só depende, de acordo com a Lei da Torá, se é permitido fazê-lo neste

local. Mas, para aquele que anda e não pensa na Torá, a pedra em que ele

esbarrar dirá: “Monstro! Porque me pisas? Em que és mais elevado do que eu?”


Segunda 8 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Sheni de Vaykra com Rashi

Tehilim:
44 a
48

Tania: Vechine Ta´chlit... (p. Mem Vav) Bimetsiut



Segunda 8 de Adar Sheni no Haiom Iom original de 5703

Meu pai (o Rebe Rashab) escreveu numa das suas cartas:

“Uma ação é preferível a mil suspiros. Nosso D’us é vivo, a Torá e as Mitsvot

são eternas. Abandona as queixas e aplaca-te a servir D’us concretamente. Então

o Eterno terá mercê de ti.”


Terça 9 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shlishi de Vakrya com Rashi

Tehilim:
49 a
54

Tania: Velaze Natan... (p. Mem Vav) Mechaari Zal


Terça 9 de Adar Sheni no Haiom Iom original de 5703


Na bênção “ Boré Nefashot”  (Sidur p. 95), “que cria almas”, proferida após ter

comido, diz-se “Al col ma she Barata”, “para tudo o que Tu criaste”. A palavra

“col” tem o sinal de Cholam e não com um Camats.


Um desejo intenso de estar ligado ao Rebe só pode ser saciado pelo estudo dos

discursos Chassídicos que ele pronuncia ou redige. Contentar-se em ver seu rosto

não é suficiente.

(O Ierushalmi ensina que Rabi Iochanan ia ver o rosto do seu mestre, Rabi

Hochya, mesmo quando não tinha nada para perguntar-lhe. Ver com respeito a isso

o dia 24 de Sivan.

Foi nesta data, em 5700 (1940), que o Rabino Iossef Itschac, Rebe precedente de

Lubavitch, chegou nos Estados Unidos. Portanto começou neste dia a propagação do

ensino da Chassidut na América, o continente mais baixo com respeito ao local da

outorga da Torá).


Quarta 10 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Révii de Vaykra com Rashi

Tehilim:
55 a
59

Tania: Vegam Kvar... (p.92) Me´chayéchu `Chulu


Quarta-feira, 10 Adar Sheni, no Haiom Iom original, de 5703

Antes de deixar o local onde você reside, você organizará um Farbrenguen

Chassídico e durante o mesmo você se despedirá dos seus bons amigos.

De acordo com uma expressão bem conhecida, “os Chassidim não se separam, já que

nada os afasta. No lugar onde estiverem, eles pertencem a uma mesma família”.


Quinta 11 Adar II 5703


?       Jejum de Ester adiantado.

?       Selichot (Sidur p.359), Avinu Malqueinu (Sidur p.277)

?       Se da o meio-Shequel.



Passagens a serem estudadas:

Chumash: Chamishi de Vaykra com Rashi

Tehilim:
60 a
65

Tania: Rak Shea´char Ka´h... Artse´cha Vegomer


A Chassidut enuncia dois princípios essenciais:

?       É preciso entender cada Lei da Torá na sua dimensão espiritual, como ela se

encontra na sua raiz, na sua fonte primeira, quer dizer nas Sefirot; e os níveis

de cada mundo, de acordo com seu estado, como ele é definido pela Chassidut.

?       Deve se aplicar a idéia de cada Lei ao serviço de D’us, porque, apesar dela

expressar a Sabedoria e a Inteligência divinas, apesar dela ser uma disposição

da Torá, ela deve se tornar um conceito do serviço de D’us, que guia o

comportamento do homem ao longo da sua vida neste mundo.


Sexta 12 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash:Shishi de Vaykra com Rashi

Tehilim:
66 a
68

Tania: Cap. 37: Vechine... Beavera `Chas Veshalom


Sexta, 12 Adar Sheni, no Haiom Iom original, de 5703

O trecho da Torá que descreve os sacrifícios é introduzido por: “um homem que

ofereça, dentre vocês, um sacrifício a D’us” (Vaicrá 1,2). Logicamente, teria

sido preciso escrever “um homem dentre vocês que ofereça...”

O Admor Hazaquen explicou, com respeito a isso:

“ ‘Um homem que ofereça’, para que ele fique mais próximo de D’us é preciso

oferecer ‘dentre vocês’ um sacrifício a D’us’. Este sacrifício deve ser a

própria pessoa. É preciso sacrificar o animal que está dentro de nós, a

inclinação para o mal, que é denominada alma animal.”


Shabat 13 Adar II 5703


Parachat Zachor


?       Haftara: Co Amar Hashem

?       Diz-se Av Harachamim (Sidur p. 191). Não se diz Tsidcatechá (Sidur p. 189).



Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shevii de Vaykra com Rashi

Tehilim:
69 a
71

Tania: Umaot... (p. Mem Zaïn) Chatefila.


“Amalec veio e combateu Israel em Refidim” (Shemot 17,8). O termo “Refidim”

designa o “enfraquecimento das mãos”, a negligência do estudo pelas crianças de

Israel.

Quando os Judeus se enfraquecem na Torá, sendo a finalidade do seu estudo

realizar e cumprir, aparece Amalec e esfria seu ardor, “ele combateu Israel”.

Israel está composto pelas iniciais de “Yesh Shishin Otyot Latrá” “há seiscentas

mil letras na Torá”. Cada Judeu possui sua própria letra na Torá. Esta é a razão

pela qual todos os Judeus têm o costume de escrever uma letra no Sefer Torá. Mas

Amalec introduz a frieza na santidade da Torá.

A solução para isso é a ordem que Moshé deu a Iehoshua, “escolhe para nós

homens” (Shemot 17, 9), homens de Moshé. Porque, “em cada geração, existe uma

extensão de Moshé”. Em cada época, há cabeças do povo judeu. “E vá, combater

Amalec”, o verbo, no singular, se dirige a cada um
em particular. Porque
a Torá

é eterna, idêntica em qualquer geração, em qualquer época e em qualquer lugar.


Domingo 14 Adar II 5703


Purim

?       Na Meguila, se lê:

-       (8, 11): “Laharog ve leabed velaharog veleabed”, “matar e destruir - e matar e

destruir”.

-       (9, 2): “Veish lo Amad Bifneihem Veish lo Amad Lifneihem”, “e ninguém ficou na

sua frente – e ninguém ficou diante deles”.

-

(A tradição da, na verdade, as duas versões e ambas eram lidas na sinagoga do

Chatam Sofer, que chegou até a escrevê-las na sua Meguila.)


?       Quando se diz “Há Igueret hazot”, esta missiva”, “Igueret há Purim hazot há

shenit”, “esta segunda missiva de Purim”, sacode-se a Meguila.

?       No texto de Shoshanat Iaacov (Sidur p.340), “Bruchim Col Hatsadiquim”,

“abençoados sejam todos os Justos”


(e isto apesar de parecer que este texto foi modificado por causa da censura.

Este ponto deve ser aprofundado).


?       Shehechianu se diz também no dia

(conforme a decisão haláchica tomada pelo Tsemach Tsedec).


Passagens a serem estudadas:

Chumash:Rishon de Tsav com Rashi

Tehilim:
72 a
76

Tania: Zot Veod... (p.94) Vecha´chumeri


?       Na Meguila que meu avô escreveu (o Rebe Maharash), o nome dos dez filhos de

Haman não estavam escritos numa página só. Todas as páginas também não começavam

com a palavra “Hamelech”, o rei.

?       Na Torá Or, no comentário que é introduzido por “Vehiné Bhi”n Levush”, é

preciso ler: “ Veh Bh’I Inei Vezu Hi Mistate Ret She Bh’i Atic Bh’i  Sde’S”

?       Existe outra versão:


Segunda 15 Adar II 5703


Shushan Purim


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Sheni de Tsav com Rashi

Tehilim: 77 e 78

Tania: Kaasher Kol... (p.94) Chaavot


Meu avô, (o Rebe Maharash) explicou que o Admor Haemtsaí escreveu discursos

chassídicos e um livro especial para cada categoria de Chassid, para o que

possuía profundos conhecimentos de Chassidut ou para o que se ligava ao serviço

de D’us por seus sentimentos. Por outro lado, Shaar Haichud e Shaarei Orá têm um

alcance geral e foram escritos para o conjunto dos Chassidim. Shaar Haichud é a

chave do estudo da Chassidut. Shaarei Orá é o Alef Beit da Chassidut.


Terça 16 Adar  II  5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shlishi de Tsav com Rashi

Tehilim:
79 a
82

Tania: Umea´char...(p. Mem Chet) Chamémutsaat BeBeineiben


Terça-feira, 16 Adar Sheni, no Haiom Iom original, de 5703

Este é o serviço de D’us esperado de um comerciante. Ele deve despertar nele

mesmo a fé e a confiança total nAquele Que nutre cada um e fornecer-lhe seus

recursos com mão aberta. Ele deve sentir uma alegria e um entusiasmo

verdadeiros, como se sua subsistência já estivesse adquirida.


Quarta 17 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Révii de Tsav com Rashi

Tehilim:
83 a
87

Tania: Venimtsa Ki... (p.Mem Chet) Guide´cha


Quarta-feira, 17 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

Ao proferir as palavras “Col Mayonei”, na recitação dos Tehilim deste dia (87,

7), se acentua o Caf com um Camats. No Bircat Hamazon (bênção após a refeição),

se acentua o Caf com um Cholam.


Quinta 18 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Chamishi de Tsav com Rashi

Tehilim: 88 e 89

Tania: Ki Klalout... (p. Mem Chet) Yetsira Assya


Quinta-feira, 18 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

Meu avô (o Rebe Maharash) escreve num dos seus discursos chassídicos:

“É preciso estudar todo dia a Lei Escrita com o comentário de Rashi, que da uma

seleção das interpretações dos nossos sábios.

Além do mais, cada um deve estudar pelo menos um tratado talmúdico por ano.”


Sexta 19 Adar II 5703



Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shishi de Tsav com Rashi

Tehilim:
90 a
96

Tania: Ve´chol Nitsuts... (p.96) Nitsutsin `Chulu


Sexta-feira, 19 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

Rabi Moshé Maizlich contou:

“O Rebe (o Admor Hazaquen) nos ensinou que o Alef da Chassidut consiste em usar

a própria natureza e os sentimentos para o serviço de D’us. No princípio deste,

devem se usar os traços de caráter naturais que o intelecto aplica aos

sentimentos.

(É preciso notar que este dia é o princípio do período dos nove meses de

gestação que conduzem ao 19 de Quislev).


Shabat 20 Adar II 5703


Shabat, 20 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

Parashat Pará

•       Haftara: Vayehi Dvar Hachem... Dibarti Veassiti

•       Se diz Av Harachamim


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shevii de Tsav com Rashi

Tehilim:
97 a
103

Tania: Ubeze Yuvan... [Perek `Chaf Guimel]


O Admor Hazaquen contou:

“Entre as explicações que meu mestre, o Maguid, me deu, durante uma entrevista

que me outorgou, uma se referia ao versículo (Vaicra 6, 6) “acenderás um fogo

perpétuo sobre o Altar. Não o apagarás”.

O Maguid ensinou: “Apesar de haver um fogo que descia espontaneamente do céu

(para consumir os sacrifícios), era uma Mitsvá para o homem acrescentar a este

um fogo ‘ordinário’. Esse despertar de baixo, que constitui a ação do homem,

suscita o despertar de cima. De fato, “o espírito atrai o espírito (que lhe

responde) e revela um espírito (ainda mais elevado)”: o espírito de baixo atrai

o espírito de cima e revela um espírito que emana de um nível particularmente

elevado.

Acender o fogo sobre o Altar é um Mandamento positivo. O Altar é “um homem que

vai oferecer dentre vocês”. Oferecer um sacrifício não é suficiente por si só.

Precisa também acender um fogo que consumirá o sacrifício “dentre vocês”. Este

fogo, “não o apagarás”: ele apaga o ‘não’.”

Meu mestre me repetiu este ensinamento dez vezes antes que eu o gravasse nas dez

forças da minha alma. Depois, ele me disse:

“Tu, meu discípulo, precisas deste fogo perpétuo. É tua incumbência apagar um

grande ‘não’ (o dos opositores da Chassidut). Apagarás este ‘não’ e D’us,

bendito seja Ele, transformará o ‘não’ em ‘sim’.”


Domingo 21 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Rishon  de Shemini com Rashi

Tehilim: 104 e 105

Tania: Cap.38: Vechine... (p. Noun) Evarei Chaguf


Domingo, 21 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

Concluindo a história precedente (de 20 Adar Sheni), o Tsemach Tsedec disse:

“Meu avô, o Admor Hazaquen, é o Moshé Rabeinu da Chassidut Chabad. Nossos Sábios

dizem que a Torá foi dada pessoalmente a Moshé mas que ele demostrou

generosidade (e Moshé a compartiu com todo Israel).

O “fogo perpétuo” de D’us que os ensinamentos da Chassidut Chabad contêm foram

transmitidos ao meu avô pelo Maguid. Mas ele adotou uma atitude generosa e a

transmitiu a todo aquele que desejasse se consagrar ao estudo da Chassidut.

Estou certo que aquele que a ensina a alguém mais e que suscita nesse alguém o

fogo perpétuo de D’us receberá uma grande recompensa. O mérito que lhe incumbirá

não se apagará jamais.”


Segunda 22 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Sheni de Shemini com Rashi

Tehilim: 106 e 107

Tania: A´h Af Al Pi Ken... (p. Nun) Kol `Chai


Segunda-feira, 22 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

A bênção dos Cohanim (Sidur p. 268) evidencia os Atributos divinos do intelecto.

As mãos levantadas conferem elevação aos atributos da emoção. A bênção é dada

aos Judeus que são filhos do Rei, evocando assim o Atributo da Realeza Divina, o

de Malchut. Portanto, o esquema completo das dez sefirot vai ser  encontrado na

mesma.

(A bênção dos Cohanim é o objeto do trecho do Chumash que se estuda neste dia).


Terça 23 Adar II 5703



Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shlishi de Shemini com Rashi

Tehilim:
108 a
112

Tania: Veaf Shebishnehem...(p.100) Vechitpashtut


Terça-feira, 23 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

Meu pai (O Rebe Rashab) disse a um Rav que fazia força para servir a D’us com

sua oração e estudava ardentemente:

“Um Rav deve lembrar a cada instante, a cada segundo, que ele está

permanentemente no limite entre aqueles que conferem mérito à comunidade e

aqueles que a conduzem à transgressão, D’us não queira.

Ele está na fronteira entre a mais alta elevação e a queda mais vertiginosa.

Cada coisa deve tocá-lo até o mais fundo da sua alma, já que o que está

realmente em jogo é a sua própria existência.


Quarta 24 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Révii de Shemini com Rashi

Tehilim:
113 a
118

Tania: Ki Beguf... (p.100) Bo Yitbare´h.


Quarta-feira, 24 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

Ao dizer “Ana Becoach” (Sidur p. 22), é preciso ver ou representar-se com o

pensamento, os nomes formados pelas iniciais (das palavras) mas sem

pronunciá-las.

(Isso é válido também para o “Ana Becoach” que se diz no Shema Israel do

anoitecer, quando se recebe o Shabat ou na leitura da contagem do Omer.


Quinta 25 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Chamishi de Shemini com Rashi

Tehilim: 119, do versículo
1 a
96

Tania: Velo Shebedakut... (p.Nun Alef) `Chai Umedaber


Quinta-feira, 25 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

O Chassid, Rabino Mordechai de Horodoc, contou:

“A primeira metáfora que ouvimos do Admor Hazaquen, quando chegamos a Liozna,

foi: “Aquilo que é proibido é proibido e o que é permitido é inútil”.

Investimos nossos esforços neste sentido durante três ou quatro anos, até

integrar este princípio nos diferentes aspectos da nossa vida. Foi só depois

disso que fomos recebidos pelo Rebe para perguntar-lhe como servir a D’us.”

(Foi nesta data que nasceu em 5661 (1901) a Rabanit Chaia Mushca, a filha do

Rebe Iossef Itschac, o Rebe precedente e a esposa do Rebe Shlita).


Sexta 26 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shishi de Shemini com Rashi

Tehilim: 119, do versículo  97 ao fim

Tania: Ki mi... Benafshotemu Kenizkar Léeïl


Sexta-feira, 26 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

Tudo que é sagrado para o povo do D’us de Avraham, o que é fundamental para a

Casa de Israel, dar nascimento a uma geração direita e formá-la, comer casher,

respeitar a pureza e a santidade do Shabat, foi dado por nosso D’us, poderoso e

temível, às mulheres judias, para que guardem estes princípios e os respeitem.

À mulher que cumpre o seu dever e que preenche o seu papel na vida familiar, à

que assume a condução da casa e uma educação de acordo com a Torá, se aplicam os

termos do versículo (Mishlé 14,1) “A sabedoria da mulher constrói a sua casa”.


Shabat 27 Adar II 5703


Parashat Hachodesh


•       Se faz a bênção de Rosh Chodesh Nissan

•       Se lêem todos os Tehilim pela manhã

•       Dia de Farbrenguen

•       Haftara: Co amar ....Olat Tamid


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Shevii de Shemini com Rashi

Tehilim:
120 a
134

Tania: Cap.39: Umipnei... (p.104) Mitsva Atsma


Este é um extrato de um discurso do meu pai (o Rebe Rashab):

“O erro dos filhos de Aharon foi o seguinte: ‘ao se aproximarem de D’us,

morreram’. Eles tiveram uma elevação sem se reintegrarem ao mundo. Para se

apresentar diante de D’us, é preciso purificar-se anteriormente, ser puro e

claro. A proximidade que resulta desta medida deve afetar a ação concreta.

Quanto mais alto se está, maior a suscetibilidade de descer bem baixo. Elevar-se

sem integrar o mundo leva à morte.

Foi com respeito a isso que se deu a Moshé o mandamento divino (Vaicra 16,2) de

falar a Aharon. Aharon é o anagrama de  Niré, visível. Entre as forças da alma,

este termo corresponde ao intelecto.

Desse modo, Moshé indicou que para se aproximar do domínio sagrado, ‘do interior

da Tenda da Arca Santa’, expressão que designa o estágio que precede o Tsimtsum,

deve se saber que acima do Aron (A Arca Santa), constituída pelas mesmas letras

que Nirá, termo que designa o intelecto, encontra-se uma tampa cuja finalidade é

velar. Este é o sentido da expressão ‘a cara oculta da tampa’.

Consequentemente, ‘ele não morrerá’, não nos contentaremos apenas com a

elevação, sem a posterior reintegração ao mundo. Porque ‘é na nuvem que Eu

aparecerei, sobre a tampa da Arca Santa’. A finalidade do primeiro Tsimtsum é a

própria revelação.

A expressão que introduz esta passagem é ‘ele não entrará’, que alude à

submissão total. É preciso aplicar o que a Chassidut pede e não o que dita a

lógica. Deste modo, ‘Ele se aproximará do domínio do sagrado’.”


Domingo 28 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Rishon de Tazrya com Rashi

Tehilim:
135 a
139

Tania: Veolam... (p.104) Elokut Mamash


Domingo, 28 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

?       Dizemos o “harachaman” durante uma circuncisão (Sidur p.95).

(Extrato de uma explicação dada durante uma refeição que se seguiu a uma

circuncisão:)

“Durante a circuncisão, dizemos: ‘da mesma maneira que ele entrou na aliança,

ele entrará na Torá, no pálio nupcial e nas boas ações’ (sidur p. 141). Nosso

costume consiste em dar neste dia uma adiantamento sobre as despesas de

escolaridade da criança.

(O Rebe deu então uma certo valor e disse:)

‘Isso é para a Ieshiva’.”


Segunda 29 Adar II 5703


Passagens a serem estudadas:

Chumash: Sheni de Tazrya com Rashi

Tehilim:
140 a
150

Tania: Vechine Tsimtsum... (p.Nun Guimel) Avodatam


Segunda-feira, 29 de Adar Sheni, no Haiom Iom Original, de 5703

Durante um farbrenguen, meu pai (o Rebe Rashab) disse:

“D’us criou o mundo e todas as criaturas materiais a partir do nada.

Os Judeus, pelo contrário, devem transformar a matéria em nada, fazer da mesma

algo espiritual. A transmutação da matéria em espírito, o fazer com que ela seja

um receptáculo para a Divindade, é uma obrigação que nos incumbe a todos. Cada

um em particular é compelido a isso.”

(Notar que este dia é a véspera de Rosh Chodesh Nissan, data em que, de acordo

com uma opinião, o mundo foi criado. Ver sobre este mesmo assunto o 27 de Tevet

e o 27 de Elul.)


 "Todos os Direitos Reservados", que indica que aquela obra está protegida por lei e não poderá ser copiada sem autorização do autor.
©RABINADO DO RIO DE JANEIRO