Fruta Proibida

Fruta proibida

Antes que Adam (Adão) provasse “a fruta proibida da árvore do conhecimento do bem e do mal”, o bem e o mal eram distinctos, como o branco e o preto. Depois, a demarcação  entre o bem e o mal ficou mais indistinta. Esta confusão que ocorreu afastou do mundo o bem puro e o mal puro, até ponto que não existe bem que não contem  mal, e mal que não contem bem. Bem e mal são sempre misturados.

Quando o homem serve D’us*, quando ele controla seu impulso de querer ir contra a vontade de D’us, e sacrifica sua tentação do pecado por uma boa ação ou o estudo da Torá, ele separa o bem do mal,  “purificando” e lapidando  assim o mundo material.  Este é o meio que conserta o “pecado da árvore do conhecimento do bem e do mal”, até a vinda do Mashiah*, quando o bem e o mal serão de novo totalmente separados.

Rua Pompeu Loureiro, 40

Copacabana

 Rio de Janeiro - R.J.

CEP: 22061-000

Pergunte ao Rabino:

WhatsApp: (+5521) 964960222

Fixo: (+5521) 2256-3587

Copyright © RABINADO DO RIO DE JANEIRO