Certificado Kosher valido

A aquisição do certificado Kosher válido representa um valor adicionado ao produto e ao prestígio da fábrica. 

A maior preocupação que uma fábrica deveria ter para garantir o sucesso de sua inciativa fica na validade e veracidade do Selo Kosher.

Estudos demonstram que desde o início do século 20 até hoje, com a industrialização alimentar nos Estados Unidos, os consumidores que não eram necessariamente judeus, enxergavam a alimentação KOSHER como uma alimentação de melhor qualidade e segurança por várias razões ligadas à confiança atribuída ao Rabino encarregado da supervisão. Um Rabino Sábio, e armado de todas as competências para tomar decisões, usufruindo de uma reputação inquestionável na vida privada e profissional, e sabendo resolver questões complexas no ramo da Lei em geral, e das leis dos alimentos em particular. 

Mais do que as aparências e a suposta popularidade que um Rabino pode inspirar ou sugerir, a verdadeira preocupação reside na identidade dele e de onde recebeu a permissão para emitir certificação Kosher. Assim, com esta verificação, a fábrica se poderá vender seu produto com selo Kosher valido universalmente..e será protegida de qualquer forma de falsificação, usurpação e impostura que poderiam gerar muita negatividade e dores de cabeça.

 

Há de se preocupar com a seriedade e a confiança que o Rabino Supervisionador tem no meio das Autoridades Rabinicas que atuam nas Cortes Jurídicas ortodoxas dos Estados Unidos e do Canadá, exigir documentos das Autoridades Rabinicas Ortodoxas que provam que ele pode atuar no ramo, exigir provas validas que ele tem, documentos rabínicos,  se informar  se o Rabino não é um impostor e se ele tem competências e autorização de atuar neste ramo Kosher e se ele recebeu a Autorização e a permissão para emitir Supervisão kosher válida,  e averiguar a veracidade e a validade do seu Selo Kosher. Isso é fundamental. 

O conhecimento da lista das fábricas que adquiriram a Supervisão Kosher no Brasil, mesmo se for longa,  não garante nada da validade e veracidade da certificação "Kosher", já que algumas fábricas não querem imprimir o selo Kosher nós rótulos, e que a prova da validade  da supervisão Kosher vem do meio das Cortes Jurídicas Ortodoxas.  

Infelizmente existem no Brasil muitos “Rabinos” que agem de forma usurpadora  sem direito de emitir certificação Kosher aproveitando da facilidade de poder enganar os leigos que tem boa vontade e boa fé, e que fica muito fácil ser abusado por um discurso falso, pelas belas aparências e lindas palavras. 

 

Em resumo o que mais importa no ramo Kosher é saber se prevenir da falsificação, usurpação e impostura.

Tudo que podemos afirmar sem sombra de dúvida é que a supervisão do Rabinatorio é de inteira confiança, seriedade, valor, credibilidade na aplicação da Lei dos alimentos Kosher,  possui a Autoridade Máxima Jurídica Rabinica para emitir certificação Kosher, e sua aceitação é comprovada por vários documentos escritos jurídicos das Altas Autoridades Rabinica mundiais da Supervisão Kosher.  

O Rabinatorio do Estado do Rio de Janeiro desfruta de uma excelente reputação e credibilidade no Brasil e no exterior, atua há quase sessenta anos no ramo industrial alimentar e químico no Brasil inteiro, para o mercado interno e externo, e a imensa lista das fábricas que já receberam a supervisão Kosher do Rabinatorio desde os anos 1960 até hoje é bem longa e exaustiva. A comunicação do livreto do arquivo das supervisões não seria ética sem a autorização escrita de divulgação de cada fábrica...