8. Tetsavé

B’SD

Kol Hamoshiach

PARASHAT TETSAVÉ

Shabat ZAHOR

“Recorda o que te fez Amalec no caminho quando saíeis do Egito; que te encontrou pelo caminho e feriu todos os desfalecidos que ficavam atrás de ti, e tu estavas sedento e cansado; e Amalec não temeu a D’us. Quando, pois, o Eterno teu D’us, te der descanso de todos os teus inimigos em redor, na terra que o Eterno, teu D’us te está dando por herança para possuí-la, apagarás a memória de Amalec de debaixo dos céus; não te esquecerás.”

Conteúdo da Parashá:

Þ  O mandamento de trazer uma contribuição em azeite para a Menorá, que deve ser acesa pelos Cohanim.

Þ  Hashem ordena a consagração dos Cohanim revestindo-os com vestimentas particulares, os Bigdei Quehuná / As vestimentas sacerdotais.

Þ  As Vestimentas sacerdotais e seu significado.

Þ  Os Cohanim são consagrados durante sete dias.

Þ  O Mizbeach Hactoret / O Altar destinado ao incenso.

- ***-

O nome de Moshé não é mencionado nenhuma vez em toda a Parashá Tetsavé. É a consequência de uma maldição que Moshé tinha dado a si próprio. Após o pecado do Bezerro de Ouro, ele tinha dito a Hashem: “Se não perdoares seu pecado, apaga meu nome, eu Te rogo, do Livro que Tu escreveste!” As palavras de um Tsadic devem se realizar, mesmo se em condições

Resumo:

D’us ordenou a Moshé que preparasse o azeite de oliva puro para acender a Menorá e fabricasse uma vestimenta especial para os Cohanim e para o Cohen /Gadol, o grande sacerdote. Ele explicou também com que cerimonias eles deverão começar o seu serviço.

- - - - - -

Nossa Parashá começa pelo mandamento: “[os Judeus] tomarão para ti azeite de oliva puro ... para fazer a chama subir constantemente” – se trata do acendimento da Menorá.

Quando precisou fabricar todos os objetos necessários para o Mishcan e que se chegou à Menorá, “Moshé se perguntou”. Nossos Sábios nos explicam que ele não sabia como fazê-la. D’us lhe disse para jogar o ouro no fogo e foi assim que a Menorá apareceu.

Em que o candelabro com sete braços era diferente de todos os outros objetos do Mishcan? Porque Moshé soube fabricar todos os outros e não conseguiu entender o que era preciso fazer para a Menorá?

A Menorá era toda de ouro puro. Ela devia iluminar a escuridão e mostrar assim que D’us reside no meio do povo Judeu. É no Mishcan que tudo isto acontecia, numa casa material.

Poderiamos acreditar que é através do estudo ou da oração que se faz D’us residir neste mundo. Mas não! Isto se produz numa casa material: o Mishcan, o Beit Hamicdash.

A pergunta de Moshé estava justamente nisso: como é possível fazer aparecer a Luz de D’us por meio de coisas materiais? Como é possível fazer uma Menorá com ouro material?

D’us lhe deu a resposta. É verdade, o homem não pode consegui-lo; é D’us Que o faz! O que se pede do Homem é que jogue o ouro no fogo, D’us fará com que a Menorá saia. Quando os Judeus oferecem objetos materiais a D’us, a moradia onde Ele vai Se revelar aparece!

O Beit Hamicdash, o Templo de madeira e de pedra, foi destruído. Mas o Templo espiritual, aquele que existe no coração de cada Judeu, se ergue sempre em seu lugar, perfeito.

D’us diz a cada Judeu: “Faz um Santuário de ouro! Eu não desejo apenas o teu lado espiritual! Eu não Me contento com a Torá que estudas, tuas Mitsvot ou tua oração. Faz para Mim um Santuário de ouro, do mais belo que possas encontrar materialmente”.

“Não o conseguirás sozinho, mas Eu, D’us, te ajudarei. Não te peço mais que jogar ouro no fogo, jogar o material na chama que ilumina você no fundo, esta luz de D’us que se encontra no coração de cada Judeu”.

“Joga o ouro, o material, no fogo espiritual que se eleva em direção a D’us; Eu farei dele um Beit Hamicdash. Então a luz será mais forte no mundo e todo mundo saberá que D’us reside em você”.

__________________________________________________________________________________